A gravidade atrai os corpos
Domingo, 9 de Outubro de 2005
Recuo
Na parte mais dramática do meu epitáfio há-de ficar descrita a voz de um tempo que me desafiou a perecer apenas com todas as fomes saciadas.
Aí, nesse pedaço pouco atento da gratidão, estarão também soletrados os passos que dei para deixar de sentir o que quer que fosse pela verdade.
Nada de perturbante.
Pedaços e mais pedaços é tudo o que se vai conseguindo sugerir como vida.

Regresso sempre aos mesmos lugares.
É isso mesmo o regresso: regressar onde já se regressou e voltar sempre.
Repetir com o mesmo método o mesmo erro até deixar de o ser.

Que é que faz de um lugar um lugar de regresso?
Que tem esta pedra cinzenta onde me sento e descanso que me faz voltar?
Que gravidade estranha há por aqui a fazer do meu movimento um elástico vai-vem?

Não, não me submeto.
Não quero ler de novo os mesmos livros nem beber de novo a mesma água.
Agora que o tempo me trouxe para um lugar impossível do universo, em que a mesma improbabilidade se refuta com qualquer gesto de segredo e de silêncio, vou permanecer no lugar que sou porque esse lugar sou eu.

Que estranha esta geografia.
Este globo a girar indiferente aos meus sonhos e à minha respiração.
Este sopro do vento que vem com o ímpeto próprio dos assassinos e submete as vontades ao capricho do acaso.

Talvez esteja escondido no fogo que já não crepita o tal anunciado milagre de conhecer.
Era só isso que eu queria: conhecer.
Quando saltava de pedra em pedra e procurava na folhagem um novo brilho capaz de surpresa, era apenas com essa ligeira intenção de perceber o que se passava, de ter um anúncio sensível do ser.

Sentir e compreender.
Só isso: sentir e compreender.

amm


publicado por prólogo às 21:44
link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De Anónimo a 9 de Outubro de 2005 às 23:29
O Escritor Famoso agradece a quem tão bem escreve! ... e eu também :)

Beijomrf
(http://www.divasecontrabaixos.blogspot.com)
(mailto:divasecontrabaixos@hotmail.com)


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Forma

Rasto

Eco

Conto

Adiamento

Vácuo

Longe

Surpresas

Ácido

Cansaço

arquivos

Março 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds